COVID-19 e Doenças do Coração

Maio 21, 2020
Posted in Artigo -

COVID-19 e Doenças do Coração

coranavirus

Os estudos apontam para uma mortalidade global da COVID-19 de um pouco mais de 4%, que aumenta muito significativamente com a idade. Os doentes com patologia cardíaca, mesmo jovens, têm maior risco de morrer no caso de contraírem a infeção.

Lembre-se que, pelo facto de haver uma pandemia de CoVID-19, não vão deixar de continuar a ocorrer enfartes do miocárdio e acidentes vasculares cerebrais.

Fazer uma alimentação saudável, praticar exercício diário, não fumar, dormir o suficiente e reduzir o stress, aumenta a resistência ao vírus e é fundamental para mitigar o risco de um conjunto de doenças, nomeadamente as cardiovasculares, que são responsáveis por um número de mortes muito superior à COVID -19.

Não é demais insistir que, no caso de contrair a infeção, estar o mais saudável e controlado possível da sua doença cardiovascular, ajuda a resistir melhor ao vírus, pelo que deve continuar a tomar a medicação e visitar o médico com a mesma regularidade que faziam antes da pandemia surgir.

Para terminar, lembre-se que, pelo facto de haver uma pandemia de CoVID-19, não vão deixar de continuar a ocorrer enfartes do miocárdio e acidentes vasculares cerebrais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *